Associação Biodinâmica

Cultura do milho em sucessão com aveia preta em áreas sob manejo agroflorestal em aléias com Leucaena diversifolia - 2004

Por Maria Bertalot, Iraê Guerrini e Eduardo Mendoza

I. Introdução

O Sistema de cultivo em aléias ou Alley cropping, é um tipo de sistema agroflorestal simultâneo. Consiste na associação de árvores e/ou arbustos, geralmente fixadores de nitrogênio, intercalados em faixas com culturas anuais. As árvores ou arbustos são podados periodicamente para utilização da biomassa podada como adubação verde e/ou lenha, com o objetivo principal de melhorar a fertilidade do solo, e/ou como forragem de alta qualidade. Este sistema foi inspirado nas práticas dirigidas à recuperação de áreas em pousio melhorado mediante o uso de adubos verdes (Kang et al., 1997; MacDicken e Vergara, 1990). O cultivo em aléias baseia-se no princípio de que é possível obter um uso produtivo e sustentável da terra, com diversificação de fontes de renda para o pequeno produtor, quando os métodos de conservação e reabilitação são introduzidos antes que ocorra degradação séria dos recursos (Kaya e Nair, 2001; Copijn, 1988).

O objetivo do trabalho foi avaliar a produtividade da cultura do milho (Zea mays L) variedade AL 30, em sucessão com aveia preta (Avena strigosa Schreb.) em um sistema agroflorestal em aléias e em um sistema agrícola sem aléias. Com o advento dos sistemas orgânicos, onde cada vez mais se deixa de utilizar adubos minerais solúveis, torna-se necessário se aprofundar no desenvolvimento de alternativas para também substituir ou diminuir o uso de composto na propriedade, já que sua obtenção é também onerosa.

Leia mais...

Avaliação de pastagens de inverno de 2003 na Associação Brasileira de Agricultura Biodinâmica, Botucatu - SP - 2004

Por Maria Bertalot, Iraê Guerrini e Eduardo Mendoza

Introdução

A Agricultura Biodinâmica pretende desenvolver uma paisagem cultivada sadia e em harmonia com a natureza, próspera e de produtividade permanente, onde a qualidade dos alimentos seja aprimorada a partir do cuidado com o solo. A Agricultura Biodinâmica traz uma visão abrangente de um sistema agrícola integrado, o "Organismo Agrícola", inserido harmoniosamente na paisagem local, considerando-se os seus princípios ecológicos, sociais, técnicos, culturais, econômicos e fenomenológicos. Torna-se necessário adotar todas a medidas apropriadas quanto ao desenvolvimento da vida do solo e quanto à estruturação da propriedade agrícola em geral, considerando-se a recuperação, adaptação e melhoramento de diversas técnicas agrícolas tradicionais.

Entre as técnicas propostas podemos citar: estabelecimento de policulturas, rotação e consórcio de culturas, plantio de adubos verdes, produção de composto, uso de preparados biodinâmicos, regeneração da paisagem, plantio de cercas vivas e outras medidas paisagísticas, uso de plantas pioneiras e de culturas de bordadura, manejo adequado da criação, estabulação sadia, manejo racional das pastagens, reflorestamento, conservação e regeneração do solo e da paisagem natural, proteção da fauna silvestre, preservação de espécies nativas, como um elemento de equilíbrio dentro do organismo agrícola (Koepf et al.,1983).

Leia mais...

Produtividade de Milho em Sucessão com Aveia Preta, em Cultivo Convencional e sob Manejo Agroflorestal - 2006

Por Maria Bertalot, Iraê Guerrini e Eduardo Mendoza

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar a produtividade da cultura do milho em sucessão com aveia preta em um sistema agroflorestal em aléias com Leucaena diversifolia e em um sistema sem árvores (convencional), seguindo um delineamento estatístico de blocos casualizados. A produtividade do milho foi superior no sistema em aléias nos dois anos de plantio. A relação benefício/custo foi maior no tratamento em que se aplicou biomassa da poda da L. diversifolia do sistema agroflorestal nos dois anos de cultivo.

Leia mais...

Contribuição dos Sistemas Agroflorestais para o Manejo Sustentavel da Chácara São João, Bairro da Roseira, Botucatu – SP - 2006

Por Maria José Alves Bertalot, Eduardo Mendoza Rodriguez, Fernanda Horiye Rodrigues, Antônio de Jesus Benedito, Vitor Alberto de Mattos Pereira, Fernando Silveira Franco

Resumo

O Sistema de Cultivo em Aléias ou Alley cropping, é um tipo de Sistema Agroflorestal simultâneo. Consiste na associação de árvores e/ou arbustos, geralmente fixadores de nitrogênio, intercalados em faixas com culturas anuais. As árvores ou arbustos são podados periodicamente para utilização de biomassa podada como adubação verde e/ou lenha, com o objetivo principal de melhorar a fertilidade do solo, e/ou como forragem de alta qualidade. O objetivo deste trabalho foi acompanhar o processo de formação do organismo agrícola na Chácara, o estabelecimento dos sistemas agroflorestais e avaliar as diferenças no solo entre dois tipos de manejo de culturas, entre árvores e sem árvores, seguindo um manejo biodinâmico na chácara de um pequeno produtor e sua contribuição na sustentabilidade da agricultura familiar. Os resultados das análises de solo mostraram uma tendência de melhoria das condições do solo no sistema agroflorestal em relação à área vizinha sem árvores. O aproveitamento da biomassa das aléias como cobertura do solo, forragem, tutoreamento de culturas, lenha e estacas para uso diverso e seu aproveitamento tem efeitos positivos no manejo da chácara e na economia familiar, favorecendo a sustentabilidade da propriedade. Esta propriedade constitui uma área demonstrativa de um sistema agrícola integrado e o produtor atua como agente multiplicador do manejo agroflorestal na região. 

Leia mais...

Influência do Manejo Agroflorestal e Cultivo Convencional da Cultura de Milho (Zea Mays L.) em Sucessão com Aveia Preta (Avena Strigosa Schreb.) no Teor de Nutrientes do Solo - 2006

Por Maria José Alves Bertalot, Eduardo Mendoza Rodriguez, Fernanda Horiye Rodrigues, Antônio de Jesus Benedito, Vitor Alberto de Mattos Pereira, Fernando Silveira Franco

Resumo

O experimento foi conduzido na área agrícola da Associação Brasileira de Agricultura Biodinâmica, Bairro Demétria, no Município de Botucatu- SP. O objetivo do trabalho foi avaliar o teor de nutrientes no solo nas profundidades de 0 – 5, 5 – 10 e 10 – 20 cm em um sistema agroflorestal com Leucaena diversifolia (Schlecht.) Bentham e em um sistema sem árvores (denominado neste caso de convencional) após dois anos de cultivo de milho (Zea mays L.) em sucessão com aveia preta (Avena strigosa Schreb.), seguindo um delineamento estatístico de blocos casualizados, com quatro tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos utilizados, em ambos os sistemas, foram: Testemunha (T); Fertilizante (F); Biomassa da poda das aléias de L. diversifolia (B); Biomassa da poda de L. diversifolia + fertilizante (B+F). Como resultado da análise do solo após dois anos de cultivo foi observado que os valores de pH, matéria orgânica, teor de nutrientes e capacidade de troca catiônica, tenderam a apresentar maiores valores nos tratamentos Biomassa+fertilizante, Biomassa e Fertilizante em todas as profundidades, em ambos os sistemas. Também foi observado que os maiores teores de matéria orgânica coincidiram com os maiores valores de pH do solo, nas diferentes profundidades estudadas.

Leia mais...

Terrara Logo



PATROCINE
calendario astronomico 2014
calendario astronomico 2013
calendario astronomico 2012
cartilha hortaliça biodinamica
cartilha
artilha pecuaria peq
grd 117 cartilha graos
cafe

Our website is protected by DMC Firewall!